Páginas

sábado, 12 de maio de 2012

A mulher da qual herdei os olhos azuis, a Princesa Isabel!




A mulher da qual herdei os olhos azuis e me construiu como pessoa, sobretudo como mulher.

Meus pais tiveram seis filhos, eu sou a segunda, a luta era grande para alimentar, estudar e agasalhar a tantos, não sobrava tempo para delongas, abraços e conversas, tudo muito prático, já que minha mãe, professora, como eu, tinha sua carga de trabalho  e uma casa para construir.
Mas a vida me deu uma avó, as avós são delícias da vida.
 Minha avó veio de uma família abastada,descendente de espanhóis,poucos amigos meus tinham avós que sabiam ler e escrever,  foi bem educada, é fina, uma dama. Eu olhava para ela e via sua fineza, sua educação. O  tempo e as dificuldades nunca tiraram dela essas qualidades. 


Com minha avó aprendi a ler, ela lia tanto, e eu tinha tanto ciúmes de suas leituras, pois não tinha sua atenção ,que resolvi ler sentada do lado dela, pelo menos assim eu podia saber porque ela lia tanto. Sua pequena estante de livros, com títulos variados foi meu alimento, nada era proibido, tudo oque eu quisesse eu lia.


Com ela aprendi a ler jornais todos os dias, sem os jornais parece que meu dia não começou.


Com ela aprendi a ter uma casa cuidada e limpinha, já que a nossa casa com tantos irmãos  era no mínimo um furacão. 


Com ela aprendi a gostar de maquiagem e  de tomar banho no fim do dia e me arrumar, pois ela o fazia esperando meu avô chegar do trabalho, sua maquiagem era um batom e pó, e uma colarzinho de pequenas perólas,os lindos  olhos azuis enfeitavam o resto.


Com ela aprendi a cozinhar, a picar tudo direitinho, a temperar, só observando e provando, mas jamais  aprendi a fazer os bolos que ela fazia.


Quando criança, no meu aniversário ela fazia  bolos todos confeitados, e que hoje custam uma nota,  pegava uma pequena boneca e enfeitava com glacê os  vestidos feitos de papelão  e colocava  em cima do bolo, eu me sentia honrada e especial ,pois era um dia todo para fazer isso. 


Quando não pôde mais cozinhar os bolos, eu já mocinha e ela com problemas de saúde, tinha o dia especial de aniversário. Eu podia passar o dia todinho depois da escola com ela,sem levar bronca em casa, e era convidada para o jantar e dormir em sua casa.Depois do jantar especial, assistia tv a cores, um luxo, e então na hora de dormir  ela estendia lençóis branquinhos e cheirosos no quarto de visitas, onde ficava a pequena estante, e eu podia ler até tarde, outro luxo, já que na minha casa ninguém ficava com a luz acesa mais que o necessário, lá eu podia ler até dormir, hábito que nunca deixei. 


Com ela aprendi a cuidar das pessoas que amamos, a ser zelosa com elas, com ela aprendi que o amor é prática, não só palavras, com ela aprendi a entender meus pais e a respeitá-los nas suas lutas.


Aprendi a gostar de futebol, e a torcer para o Palmeiras ,pois ela ama futebol, e escutava com o radinho de pilha  na orelha. 


Caso fosse clássico Palmeiras x São Paulo, pronto, a bagunça tava feita, o sangue de espanhol da baixinha vinha a tona, só a vi brigar na nossa frente com meu avô, São Paulino roxo, nesses momentos, mais de uma vez vi o radinho de pilha voar pro cima dele,que esperto provocava até isso acontecer. Uma vez também ele falou tanto mal do Palmeiras quando  ela  estava descamando uns peixes numa bacia que ela virou tudo em cima dele, foi muitooooo legal !!!!! E ele? Ele ria. 


Com ela aprendi a suavidade da vida, a sorrir, a ser gentil,delicada quando preciso e firme quando necessário. Com ela aprendi tudo que tenho de melhor. Eu a vi adoecer e lutar contra o diagnóstico dos médicos que diziam que nunca mais andaria, eu a vi chorar de dor, a tentar, tentar e tentar e conseguir. Quando minha vez chegou eu pude fazer o mesmo, chorar, chorar, de tristeza e dor , mas me levantar.


Com certeza se não tivesse tido o  privilégio de conviver com ela , não seria o que sou hoje, tão resiliente. Eu a amo e espero um dia poder ser para meus filhos e netos uma referência como ela foi para mim.Minha vozinha está bem velhinha agora,viveu mais do que eu espero viver e a vida para ela, uma dádiva, ainda enfeita seus lindos olhos azuis!


Amo muito vocês dois e sou muito honrada de ter feito parte de suas vidas!!!!




Pra você minha querida Princesa Isabel !
Postar um comentário