Páginas

sábado, 14 de maio de 2011

tempo,ninho vazio, tudo junto e misturado...




Márcia querida
Estou muito decepcionada comigo mesma. Queria tanto dizer que essa doença não tirou nada de mim,que com ela somente aprendi,mas não é verdadeiro meu sentimento.
Essa doença esvaziou meu desejo do futuro, o tempo não parou, mas eu me encontro estática no mesmo lugar.
A doença tirou o meu tempo, perdendo-o não me encontro, não me reconheço na sombra que projeto.
Minha casa está vazia... Meus filhos foram cuidar da vida deles, é natural, tenho silêncio e tranquilidade, mas não quero!!!!!!!!!!
Inicio uma nova fase e não sei por onde começo....
Postar um comentário