Páginas

sexta-feira, 15 de abril de 2011

TE entendo sim!!!


Entendo o que vc fala por estar passando por isso também, mas antes também não sabia o que dizer, como me comportar e exigir que as pessoas saibam é um pouco de arrogância,sugerir o que devem ou não falar também o é.
Ninguém está preparado para entender o outro se não tiver o entendimento do que o outro está passando.Hoje sei o que as pessoas doentes gostam de ouvir.Não espero muito do ser humano a algum tempo,isso não quer dizer que generalizo.Algumas pessoas têm maior dificuldade em lidar com a doença câncer porque ela realmente é sinônimo de dor,sofrimento e morte.E por isso estas pessoas fogem de nós que estamos ali com toda nossa fragilidade encarando o desconhecido.Nunca Havia ouvido falar dreno,cateter e nunca havia imaginado uma mulher sem peito!!!!!Hoje sei de tudo isso e não perdi nada, apenas me destrui inteira para me reconstruir.Acrescentei a minha personalidade a palavra medo, tristeza e dor.Coisas que aprendi tb que geram amor, carinho e amizade.Mas realmente não vou ditar as regras do que me falar,pois não sei o que as pessoas querem ouvir de mim.
Uma coisa que me feriu muito foi que não consegui cuidar de você porque meu filho adolescentes (justifica tudo)e meu marido não estavam se entendo sem a minha mediação em casa, isso me feriu muito, agora percebo que não era culpa deles e sim um erro meu que sempre intermediou o relacionamento dos dois impedindo que eles se resolvessem sozinhos.
Qto ao sentimento de falta de perspectiva é da própria doença, do tratamento e dos remédios que ajudam mais destroem.Das consequências de ficarmos careca, sem nossos atributos femininos que a vida toda fomos acostumadas a cuidar, olho para minha escova de cabelo e sinto um vazio...olho para a pinça no banheiro não tem utilidade.Vou ao mercado e pulo shampoo,creme, absorventes e fico pensando:- “meu Deus eu sempre comprei estas coisa até qdo???”Então querida irmã mais do que justo sentirmos toda essa dor até seu âmago, mas ao mesmo tempo estamos tendo uma oportunidade única de reconhecermos o outro através desta doença chamada câncer.Você pode ter certeza jamais vou passar por uma pessoa que me conte que está doente da mesma forma, hoje recebi um abraço muito gostoso de uma senhora Cleuza que está passando por tudo que estou passando e sei que ela me entende.
Bjs querida espelho da minha vida!!!
Márcia
Postar um comentário