Páginas

terça-feira, 15 de março de 2011

CA 125

Minha Carequinha ontem saiu o resultado do CA 125,a minha onco sempre deu muito valor a esse exame, então consultei o "oráculo" ( 0 google) e tirei essa informação ai:

 

CA 125
Aplicações Clínicas e interpretações dos resultados
Cancer Antigen 125 (Antígeno associado ao cancêr 125)

::. Introdução .::
O CA125 é uma glicoproteína, normalmente produzida pelo epitélio das serosas, trompas de falópio, endométrio e endocérvix. Não é encontrado no ovário normal; entretanto níveis elevados são encontrados no câncer de ovário, sendo usado como marcador tumoral. Sua dosagem também pode ser detectada em outras condições: endometriose, gestação, pacientes saudáveis, câncer de endométrio, e outras neoplasias.
Devido a baixa incidência do câncer de ovário, e a baixa sensibilidade e especificidade do CA 125 no câncer de ovário, não se pode utilizá-lo como método isolado de triagem ou de diagnostico desta neoplasia.

::. Indicações .::
1- Avaliação prognostica no câncer de ovário: o nível de CA 125 é um preditor, significativo de sobrevida. Sobrevida tem sido descrita como maior em mulheres com CA 125 menores. Níveis superiores a 65 U/ml correspondem a 5% de sobrevida em 5 anos. Níveis acima de 35 U/ml após 3 ciclos de quimioterapia estão associados a sobrevida baixa: 17% em 2 anos.
2- Monitorização da resposta ao tratamento cirúrgico do câncer de ovário: é útil na avaliação da presença de tumor residual: 95% dos tumores residuais tem CA 125 alto. Aumento do CA 125 pode preceder as alterações clínicas em 11 meses. No caso de tumores residuais de até 2 cm o valor de CA 125 pode ser normal. O nível sérico do CA 125, dosado três a quatro semanas, após a cirurgia, é descrito como fator prognóstico. Assim um aumento de CA 125 após a cirurgia indica alta probabilidade de tumor residual, entretanto se negativo, não exclui a presença de doença residual.
3- Monitorização da resposta à quimioterapia no câncer de ovário: identifica atividade da doença durante quimioterapia pós-operatória, com eficiência de 91,9%. A combinação de CA 125, exame clínico e ginecológico detecta a progressão da doença em 90% dos casos.
4- Diferenciação pré-operatória de massas pélvicas: 82% dos casos malignos têm CA 125 > 35 U/ml. Apenas 3% das pacientes com massas pélvicas não malignas têm níveis > 35 U/ml. Elevação sérica do CA 125 associado a alterações no ultra-som transvaginal na pós-menopausa são preditores significativos de malignidade.
Mais uma dica para as nossas filhas, sobrinhas, primas, amigas,conhecidas, fazer esse exame.
Bom, meu resultado:

CA 125 ............................. :       23,0 U/ml
(Sangue)     Método : Eletroquimiolum.-Lab.CRIESP
                              Valores Referenciais :      Ate 35 U/ml


Olhando daqui parece bom.Dia 21 tenho consulta e vamos ver.
Cássia
Postar um comentário